Queridos Enfermeir(os)(as):

Queridos enfermeir(os)(as):

Hoje é o vosso dia. 

Ao longo de 20 anos, já passei por muitos hospitais, operações e momentos difíceis, e quem esteve sempre lá para aturar a meu sofrimento, foram vocês. Sempre vocês, que apesar de não usarem capa, são os verdadeiros heróis da vida de tantos.

Vivi momentos de puro desespero e sofrimento, em que não sabia fazer mais nada senão chorar compassivamente.

Nesta última operação em que quase nem força tinha para abrir os olhos, quanto mais sorrir? Ainda assim encontrei amigos. Sim os enfermeiros que cuidaram de mim ficaram meus amigos e são pessoas que irão permanecer no meu coração para sempre por tudo aquilo que fizeram por mim para me atenuar a dor e o sofrimento.   Um obrigada é pouco, para vos agradecer tudo

Sabem o que mais admiro em vocês e na vossa profissão?

Recebem super mal, cumprem horários malucos que não lembram a ninguém, perdem os momentos mais especiais da vossa família para estarem a trabalhar…têm vidas veneráveis nas vossas mãos(que ajudam os médicos a salvar!) e nem por isso perdem o vosso sorriso e a vontade de salvar a vida dos outros tornando-a melhor naquilo que está ao vosso alcance…

Muito se tem dito sobre a vossa profissão, eu cá continuo com a minha opinião: têm todo o direito e mais alguns de lutar por melhores condições de trabalho

Mas será que não se   percebe que vocês só querem receber aquilo que devem receber por conta das especializações que tiram? E mais, sejam médicos ou enfermeiros, ninguém é mais que ninguém até porque na verdade e na minha opinião o trabalho de médicos e enfermeiros, pode até não se comparar, mas ambos se complementam. O que seriam dos médicos sem os enfermeiros? E dos enfermeiros sem os médicos?

Esta é uma questão muito frágil que terá de ser discutida com algum cuidado e compreensão. E espero que se resolva rapidamente.

Eu só tenho a agradecer a vocês enfermeiros que sempre me cuidaram com muito carinho e amor.

Obrigada pelo vosso amor à profissão e pelo bom trabalho que desempenham.

4 comentários em “Queridos Enfermeir(os)(as):

  1. Betty Responder

    Olá Rita! Agradeço do fundo do coração como Enfermeira que sou este seu testemunho! A verdade é que seria impensável um mundo sem Enfermeiros ou outros profissionais de Saúde, a quem o governo vira as costas, uma e outra vez. Estou de luto Rita, por uma carreira que não existe, por uma profissão nobre que escolhi mas que não tem prestígio ou compensação remuneratória adequada. Alimento o meu dia a dia como os meus doentes, aqueles que tal como a Rita me fazem saber o porquê que escolhi esta profissão. Bem haja! Beijinhos

  2. Jorge Gomes Responder

    Olá Rita. Não podia deixar de agradecer as palavras que nos dirigiste. Aquecem a alma e são incentivo para a nossa “batalha” diária no cuidar dos nossos doentes/utentes.
    Que a vida te sorria.
    Beijinho

  3. Rosa Dinis Responder

    Parabéns o texto está muito interessante julgo que espelha muito bem o valor destes profissionais e do impacto do seu sabed no SNS. Há dúvidas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *