Um sorriso verdadeiro

Tem…

Um segundo de alegria

Um segundo de felicidade

Um segundo de tristeza

Vários segundos de gargalhadas sentidas com o coração

Tem alguns espinhos mas também algumas rosas…alguns girassóis…algumas borboletas!

Esse tal, sorriso verdadeiro…é e continuará a ser essencialmente movido pela palavra AMOR!

Aconteça o que acontecer… ele por muito que custe tem de…

Desabrochar sempre, e nunca murchar

Tem de ser forte, não pode esmorecer.

Aliás o Amor é a “água” que ele vai usar para ser “regado”!

E de uma coisa eu tenho a certeza. A vida continua, não pará.Com as boas lembranças e com todas as outras coisas que hão de vir, vou aliás vamos (re)descobrindo o sorriso, dando-lhe sempre uma nova oportunidade, um novo folgo.

Ele deve desabrochar cada vez mais, porque só assim é que continuarei/continuamos a voar, voar, voar e também a aproveitar todos os segundos e mais alguns do nosso bem mais precioso: A VIDA

Esta é sempre a minha/nossa missão

Sorrir para outro com o nosso maior e melhor sorriso, pois só desta forma é que ele, tempos mais tardes, poderá regressar a nós, carregado de energias boas, renovado e com vontade de continuar a dar alento às nossas vidas.

A isto chama-se

AMAR E SER AMADO!