Só posso ter licenciatura…

Portugal diz-se um país cada vez mais inclusivo em que a igualdade de oportunidades para todos é uma prioridade do Estado.

O que me parece é que os senhores ministros devem andar todos a brincar com a nossa cara e o mais inacreditável é que fazem de conta que não é nada com eles.

Primeiro criam-se leis, decretos-de-lei que parecem ser para durar e depois,quando as pessoas estão distraídas, “tiram-lhes o tapete” do dia para a noite. 

Então não é que o Estado parte do (mau) princípio de que as pessoas com deficiência não estudam mais do que a licenciatura?

Afinal em que é que ficamos?  

Primeiro decidem criar (e bem!) bolsas de estudo para estudantes com incapacidade superior a 60% em que pagam as propinas, independentemente do ciclo de estudos que frequentam, e depois, quando muitos jovens já estão a planear a sua vida de forma a continuar os estudos, decidem que afinal já não vai ser bem assim.

Poupem-me, por favor. 

Já não basta termos que estudar na universidade privada por falta de condições da universidade pública e depois ainda somos obrigados a planear o nosso futuro em função do estado anímico em que as “mentes iluminadas” do nosso governo se encontram, num determinado dia.

Esta bolsa é uma grande ajuda para todos nós, jovens com incapacidade, que já temos bastantes gastos monetários inerentes à nossa condição.

Isto é exclusão social. Com isto estão a cortar os voos e a arrancar “à força” os sonhos de muitos jovens que agora se veem sem nenhuma solução para prosseguir os seus estudos…

Espero, sinceramente, que ponderem melhor sobre  esta decisão. É obrigação do Estado garantir igualdade de oportunidades e direitos a todos os seus cidadãos.

8 comentários em “Só posso ter licenciatura…

  1. Isabel Responder

    Gostei do texto como sempre. Não te preocupes, um ciclo de cada vez que chegarás a senhora doutora, se quiseres…

  2. Palmira Lobo Responder

    Rita, um abraço do tamanho do mundo, você é uma inspiração para todos!
    Eu acho que a discriminação fere o âmago da essência humana. É tratar alguém de forma diferente simplesmente por causa de ser quem é.
    Acho que é nosso dever, como cidadãos atentos e com valores de família, mostrar e lutar contra esta ditadura do governo
    Um beijinho, vai ganhar!

  3. Angela Lopes Responder

    Estou incrédula… Ritinha não deixes que isso te afecte, todos juntos podemos fazer a diferença ao divulgar, coragem já passaste por coisas bem mais difíceis! Bjinho grande😘

  4. São Lemos Responder

    Bom dia. São políticos, mentirosos, prometem mundos e fundos e depois não fazem nada, É só para ficar bem na fotografia. Não desistas Ritinha, tu vais conseguir. Bjos 😘😘

  5. Diana Meireles Responder

    Olá Rita. Desculpa, mas não entendi em que medida, lei ou regra, o Estado decide que, e passo a citar, “não vai ser bem assim”? O Nuno fez a licenciatura, tem o mestrado e agora está a fazer o doutoramento. Há aqui qualquer coisa mal que não está bem 😉 queres esclarecer melhor? Beijinhos 😘

    • Rita Autor do artigoResponder

      Olá Diana, tens de dar uma vista de olhos pelas ultimas noticias que sairam. As bolsas de estudo de estudantes com incapacidade vão ser cortadas..o que para muitos jovens já será motivo para desistirem do mestrado e doutoramento por não terem oportunidade para o pagar…

      É nesse sentido que escrevo este texto
      Um beijinho

      • Diana Meireles Responder

        Não vi a notícia com tantas outras notícias de destaque e esta, certamente, passou despercebida a muitos. Acho uma tremenda injustiça.

  6. Conceição Oliveira Responder

    Grande Rita! Grita bem alto! Esses senhores não padecem de incapacidade física, parecem padecer da outra…
    Por isso Rita, grita, grita bem alto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *