Amigos de uma vida

gaspar

A inspiração para escrever às vezes surge nos momentos mais inesperados e mais simples.

Gosto de olhar à minha volta e tentar perceber o que me chama mais atenção para assim em seguida, descrever no sentido figurado, aquilo que no momento em que estou a escrever, me está a despertar a atenção.

Enquanto estava pensar o que escrever neste texto, tive uma companhia especial e a inspiração não só chegou sem eu ter de pensar muito, como tive necessidade de escrever imediatamente aquilo estava sentir.

Embora goste muito de gatos (e de cães também) não tenho nenhum, pois lá em casa o meu pai nunca achou lá grande piada a esta ideia. Por isso mesmo, como a minha tia tem gatos e cães eu sinto que eles são um bocadinho meus. Sempre que arranjo um tempo lá venho eu para o miminho deles. Dou-lhes muito mimo, mas sem dúvida que recebo em dobro.

Os animais de companhia, neste caso, os gatos, são mesmo companheiros de uma vida. E ao contrário dos seres humanos, eles amam-nos desmedidamente, à sua maneira sem nenhum tipo de contrapartida.

O Gaspar, um dos gatos da minha tia, é o gato, mais meigo, mais fofo, mais ternurento e com os olhos mais expressivos que conheço. Não sei explicar, mas parece que a única coisa que lhe falta fazer é falar.

Já para não falar do mimalho que ele é. Só quer colinho. E eu como sempre não lhe resisto a este miminho, ou seja, faço-lhe as vontades todas.

E porque sei que esta não é uma paixão só minha, decidi ir ao nosso “amigo Google” procurar algumas curiosidades sobre gatos

Aqui ficam as que achei mais engraçadas:

  • Os gatos usam a cauda para se equilibrar
  • Os gatos dormem entre 16 e 18 horas por dia.
  • Os gatos têm ótima memória.
  • Os gatos utilizam o bigode para determinar se cabem num determinado espaço

Não são giras estas curiosidades? A natureza é mesmo mágica

A pergunta que se impõe é:Depois de todos estes miminhos como é possível não se amar estas “bolas de pêlo” mais fofas?

E por aí por casa? Também têm gatos?

2 comentários em “Amigos de uma vida

  1. Filomena

    Olá Rita.O Gaspar parece mesmo fofo o teu gato “emprestado”.Eu tenho o um Soneca q .me acompanha hÁ 14 anos …mas é um cão ….peludo e fofo de porte pequeno que é um bom companheiro.Já foi muito activo …agora mais pachorrento porque a idade vai pesando mas continua a ser um querido.beijinhos Rita .

  2. Fernandes Maria Isabel

    Boa noite Rita! Sim, tenho um cão muito simpätico e traquinas (não podia deixar de ser) que, sempre que me vê desocupada vem com a sua bola na boca chamar-me para brincar; por vezes faço manha, isto é,não lhe passo confiança e ele insiste com o seu “in,in,inh”. Rita, ele é muito engraçado e com um caracter forte, quando quer algo não desiste e também muito sensïvel, percebe quando estamos tristes. Olha é um “Senhor” como diz o meu filho! Beijinhos

Os comentários estãos fechados.