Estar em forma e “de bem” com o meu corpo.

Há 18 anos que não paro. Desde cedo, passei a fazer parte de um mundo de grande dimensão, o dos adultos. Percebi, mesmo sem ter maturidade para isso, que o facto de o meu corpo ter vida própria não era o fim do mundo.

Nas fisioterapias e no meu próprio dia a dia onde tenho de pôr em pratica tudo aquilo que vou aprendo com esforço e exercício, percebi que não posso parar. Sempre encarei a fisioterapia como um “hobbie” que apesar de não ser divertido é aquilo que me dá qualidade de vida.

Estar bem com o nosso corpo não é tentar camuflar as evidencias, mas sim viver com elas sem nunca parar de tentar melhora-las.

Para mim a fisioterapia até pode ser divertida. Canto, choro, rio, “revolto-me” e depois no final volta a ficar tudo bem (coitado do meu fisioterapeuta Hélder , tem de me aturar!)

A verdade é que eu dizer ao pessoal que vou à fisioterapia ou dizer que vou ao ginásio não soa da mesma maneira. Uma coisa é o estilo de vida que uma pessoa quer levar e a outra coisa é uma obrigação minha enquanto miúda que precisa de ter o seu próprio corpo minimamente controlável, menos desengonçado digamos.

Um dos meus desejos para 2018 era entrar num ginásio. Primeiro, porque estar em casa a deprimir, não é a solução para nenhum dos problemas. Segundo, sempre e obrigatoriamente tive de controlar o meu peso, caso contrario “mexer-me” passa a ser o maior dos meus problemas. Terceiro estar em forma e de bem com o corpo é a melhor coisa para a nossa autoestima e alimenta a alma com energias muito boas.

Uma das coisas que adquiri com a pratica de exercício foi uma maior preocupação com a alimentação e sinto-me cada vez melhor, menos inchada pois muito dos alimentos que comia agora percebo que me faziam mesmo mal. A nível físico voltei a ganhar o equilíbrio e aumentei a minha massa muscular e aos poucos vou superando as minhas maiores fobias que estão cada vez mais longe. É importante referir que antes de toda esta aventura começar aconselhei-me com o meu médico e fisioterapeuta, que me  deram carta branca, logo não sou uma “fora da lei”.

Esta é a prova de que quando se tem vontade tudo se consegue.Comigo só acontece, porque tenho as pessoas certas a trabalhar comigo!

A Catarina dedicou-se de alma e coração a mim, ela sabe, como é obvio, das minhas limitações, porém, não é por isso que desiste de mim e também não é por isso que me lança menos desafios. A cada treino supero-me cada vez mais graças e mim e ao maravilhoso trabalho que ela tem desenvolvido comigo.  Os treinos são sempre à minha medida, vão de encontro às minhas necessidades para assim, superar as minhas maiores dificuldades. Cada novo treino, é um desafio cada vez superado com mais sucesso. Cada dia uma conquista, significa cada vez mais e mais, qualidade de vida!

Estou a escrever este texto porque realmente desde fevereiro que ando muito feliz com maior qualidade de vida e não sei mesmo como agradecer a forma como fui recebida na FITBOX.

A realidade é que nem toda a gente está disposta a aceitar a desafio da diferença. Todos nós somos diferentes e as necessidades vão mudando de pessoa para pessoa, acontece que a minha diferença que é bem notória e não é qualquer profissional que trata a diferença por tu e consequentemente fica bem perto dela…

A minha PT aprende muito comigo e eu com ela. Ambas as partes ficam a ganhar. E isso é dos melhores ensinamentos da vida.

Na FitBox, encontrei uma equipa que faz isso e muito mais e exatamente por isso merecem todo o sucesso e reconhecimento.

E por falar em reconhecimento, convido todos vocês a conhecerem a novas instalações deste espaço que é só boa energia.  Digo isto não em forma de publicidade (que eu saiba tenho a minha mensalidade em dia. Certo Catarina? Ahahaha) mas em forma de amizade porque acho que esta equipa, estes miúdos merecem todo o sucesso do mundo, porque são os melhores PT e as melhores pessoas.

Quando se faz aquilo que mais se gosta com o coração, só pode dar tudo certo.

Posto isto só tenho a dizer que apesar de fazer os meus treinos com adaptações estou sem dúvida  nenhuma a ficar uma crossffiter de alma e coração.