Gosto de mim assim como sou

Julho 20, 2017 Rita

 

Fui desafiada pela Sónia do “SHE WRITES” (blog que adoro e sigo com imensa atenção, mesmo sem conhecer pessoalmente a sua autora) a escrever um texto sobre amor próprio e a visão que tenho do meu corpo e até a forma como isso pode ou não influenciar a minha relação com os outros.

Obrigada pelo desafio Sónia. 🙂 Aqui vai o texto. Que vai ser, nada mais nada menos, do que um texto sincero e sem rodeios.

Desde que me conheço, tenho consciência plena de que independentemente da minha deficiência, sou feliz sem que ela me impeça de fazer o que quer que seja. E até sem que ela me impeça de ser apenas eu.

Costumo dizer que eu sou a Rita e não a minha deficiência. Ela faz parte de mim, mas não quer dizer que seja o fator dominante na minha essência, porque de facto não é mesmo. Aliás, por muito que aches que estou a mentir, eu controlo a minha deficiência muito antes de ela me controlar a mim. Mas há uns tempos ainda não era assim, eu é que pensava que era

Sinceramente, sempre gostei muito daquilo que vi ao espelho. Nunca tive grandes complexos(ESPERA…SE CALHAR TIVE-OS DE FORMA INCONSCIENTE)

. Só porque ando numa cadeira de rodas não tenho de me sentir nem mais nem menos que os outros.  Tenho já algumas (nem têm conta!) marcas de operações cirúrgicas que fiz (estão a cicatriz da ultima cirurgia é um verdadeiro fecho eclere, pela coluna toda) mas isso não mudou em nada a minha perspetiva em relação ao meu próprio corpo. Lá no fundo, sempre me aceitei lindamente. O que já mudava um bocado de prespetiva era quando tentava estabelecer relações de amizade com pessoas da minha idade

sabes? existem duas coisas que de um momento para o outro podem alterar a nossa forma de pensar. Isso é, se deixarmos que isso nos influencie

A primeira coisa são os olhares sem noção da sociedade. “Ah então deu-te pelas perninhas foi?”

A segunda é a fase da vida em que nos encontramos. E, se por acaso for a adolescência, a coisa agrava e muito.

É que esta fase em que as hormonas andam aos saltos e as paixões surgem.

Ai….As paixões! já me apaixonei muitas vezes, e isso fez com que pusesse tudo em causa mesmo tudo. Eu a falar sozinha “Rita! A sério achas mesmo que ele se vai apaixonar por ti? Por amor de deus! Logo tu que és diferente de todas as outras!”

Viste? Eu disse!

As paixões e a forma até a forma cheia de compaixão com que a própria sociedade encara as tais paixões pode mudar tudo. Aquele comentário “então também tem direito!” é tão desnecessária quanto a minha tentativa de explicação de que as pessoas com deficiência não são nenhum ET´S .

Agora olhando para trás percebo que se calhar a minha timidez e insegurança e complexos (que eu não consigo perceber porque os tinha) fizeram com que não tenha socializado mais com pessoas da minha idade e até vivido mais paixões sem estar a pensar o que poderia acontecer a seguir. Agora percebo que as coisas têm e acontecem no tempo certo e se pensarmos apenas em nós. Em nós como miúdas iguais a todas a outras.

No dia em que pensares assim tudo correrá bem e serás mais feliz acredita.

Falo por experiencia própria, no dia em que comecei a pensar apenas em mim e não me foquei em demasia na minha deficiência foi mais feliz que nunca

Estou perfeitamente incluída no meu grupo de amigos. Isso é sinonimo de em sítios onde as acessibilidades simplesmente não existem em terem de me pegar em mim ao colo! Ahahaha

Acredito que me vou apaixonar mais vezes do que aquelas que já me apaixonei e um dia algumas dessas paixões irá concretizar-se! Já que uma está concretizada desde sempre! (Aahahah) sim, estou a falar da minha eterna paixão pela vida!

Acima de tudo, devo gostar primeiro de mim, das minhas qualidades e desfeitos e só depois dos outros.

E quando conseguimos juntar as duas coisas. Ainda melhor <3

A ti que ainda não estás a acreditar que aquilo que digo neste texto é absolutamente verdade….

Experimenta, pelo menos, por um dia, seres apenas tu sem complexos e inseguranças. Verás que aquilo que escrevo neste texto é puramente verdade. E fará com que sejas mais feliz do que nunca <3!

7d3dae0986567e077ab4d6679d2acc33

Rita Bulhosa-31

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *